segunda-feira, 14 de abril de 2014

Judeus Concluem Preparativos para Construção do Terceiro Templo




O Monte Moriá ou Monte do Templo, onde se encontra o Domo da Rocha, é o lugar original do Templo de Jerusalém, a qual 64% dos judeus israelenses, segundo pesquisa recente, desejam ver reconstruído.

Instituto do Templo e outros grupos de judeus ortodoxos já têm todos os 102 artigos do Templo prontos para começar a reconstrução

As profecias bíblicas relacionadas ao final dos tempos falam do Templo de Jerusalém como uma realidade no período da Grande Tribulação e do Milênio (período de mil anos em que Cristo reinará com Sua Igreja sobre a Terra).
Mas, o Templo, sabemos, não foi ainda reconstruído porque o local está em guerra que é na Mesquita dos muçulmanos.
Por isso ainda não começaram a construção e isso depende de um tratado de paz que será feito em breve para a vinda do anticristo ao mundo e firmar a Nova Ordem Mundial
Jesus está voltando para arrebatar a Igreja, preparem-se.

Vão anunciar o anticristo por volta de 2014 e 2015 preparem-se. Muitos pensam que o arrebatamento será antes disso, mas Jesus disse: Quando virdes o abominável no lugar santo fuja para os montes" Mt. 24:15. A igreja verá o anticristo antes do arrebatamento.
Porém, quase todos os passos que precisavam ser dados para que isso acontece já são realidade. Se não, vejamos.

Em primeiro lugar, para o Templo ser reconstruído, seria necessário Israel voltar a existir como uma nação, o que ocorreu em 1948. Em segundo lugar, seria necessário a reconquista da cidade de Jerusalém, o que também já aconteceu, em 1967. Em terceiro lugar, seria necessário ainda que todos os utensílios do Templo fossem restaurados. E isso já está acontecendo. Ou melhor, os utensílios já estão praticamente concluídos.

A primeira vez que o assunto reconstrução do Templo chamou a atenção da mídia mundial foi em 1989, quando a revista norte americana Time, em sua edição de 16 de Outubro de 1989, cuja matéria de cara era intitulada "Time for a New Temple? ("Tempo para um Novo Templo?"), apontava o desejo crescente entre os judeus ortodoxos em Israel de ver o Templo de pé mais uma vez. Por essa época, dava seus primeiros passos o chamado Instituto do Templo.

Erguido na Cidade Velha de Jerusalém, o Instituto do Templo tem se dedicado com afinco, durante as últimas duas décadas, aos preparativos para a reconstrução do Templo, chegando hoje praticamente ao final dessa preparação, em mais um sinal evidente da proximidade da Segunda Vinda de Jesus. Em seus pouco mais de 20 anos de existência, o Instituto já recriou o candelabro do Templo (Menorah), a um custo de 3 milhões de dólares, além de harpas, altares, recipientes para incenso e as roupas dos sacerdotes, tudo meticulosamente igual à descrição bíblica desses artigos. Ao todo, são 102 os utensílios necessários para os rituais do Templo; e hoje todos eles - isso mesmo: todos - já estão prontos. O último passo será a busca de restos (cinzas, por exemplo) das novilhas vermelhas, uma espécie de novilha em extinção que, sendo um animal kosher (puro), era usado no ritual de purificação dos sacerdotes antes de adentrarem o Templo de Jerusalém, segundo o texto de Números 19.

O objetivo dos judeus ortodoxos ligados ao Instituto é clonar a novilha vermelha a partir dos restos que eventualmente possam ser encontrados para que, após a reconstrução do Templo, os sacerdotes já estejam ritualmente prontos para servir. Ou seja, até os avanços recentes na área de genética favoreceram os planos e a fé daqueles que têm se dedicado à reconstrução, e que, inclusive, já elaboraram uma lista de judeus que são provavelmente descendentes de Levi, conforme estudo meticuloso da árvore genealógica de milhares de judeus, para exercerem a função de sacerdotes. Muitos deles já estão de sobreaviso e totalmente integrados ao projeto.

A NOVILHA VERMELHA Essa novilha deveria ser vermelha, símbolo de sangue, obviamente, sangue de Cristo. Tinha também que ser sem marca e nunca haver levado jugo – outro símbolo de Cristo, um sacrifício imaculado para realizar voluntariamente a obra da expiação. Não havia nenhum jugo obrigatório sobre Ele, pois Ele era independente e acima de toda lei.
A novilha sacrifical era levada para fora do acampamento e morta. Assim, Cristo sofreu fora das portas de Jerusalém (
Hb 13:12), pois o Calvário estava do lado de fora dos muros da cidade. Isso deveria mostrar que Cristo não morreu unicamente pelos hebreus mas por toda a humanidade (Rm 5:12-20

Porque a novilha vermelha é um sinal da Vinda do Messias para os Judeus?
1. Porque eles acreditam que só assim a nação de Israel estará purificada para receber o Reino Messianico que será estabelecido na terra com a chegada do Messias. Cumprindo assim o que esta escrtito em (Is.2:1-5; Zc.8:21-23, 14:16-21 e At.1:6).
2. Porque a novilha está ligada diretamente com a lei de Moisés (Nm.19).
3. Porque está ligado a litugia do templo. Só assim o Templo Milenar estará apto para a pratica da adoração Judaica (Dn.9:24).
Hoje sabemos que só o sangue de Cristo nos purifica de todo pecado: Hb.9:13-14.

Para os Judeus um dos maiores sinais da vinda do Messias é a Novilha Vermelha e o último passo será a busca de restos (cinzas, por exemplo) da novilha vermelha, uma espécie de novilha em extinção que, sendo um animal kosher (puro), era usado no ritual de purificação dos sacerdotes antes de adentrarem o Templo de Jerusalém, segundo o capítulo 19 de Números.



            O rabino Yisrael Ariel, fundador do Instituto e considerado um dos maiores especialistas no mundo em rituais do Templo de Jerusalém, afirma que a função do Instituto sempre foi e será "dedicar-se à recriação de artefatos usados no Templo não apenas como um exercício histórico, mas como uma maneira de se preparar para sua reconstrução". Algumas das últimas recriações do Instituto são surpreendentes e realçam sua dedicação. Em dezembro de 2007, por exemplo, o Instituto anunciou a conclusão da confecção do candelabro e da coroa de ouro maciço que a Bíblia diz que o sumo sacerdote levava no cumprimento dos seus deveres no Templo. De acordo com a agência de notícias israelenses Israel National News, os artistas que trabalharam na coroa e no candelabro seguiram escrupulosamente, durante mais de um ano, as instruções registradas na Bíblia hebraica e as informações sobre a coroa e o candelabro gravadas em antigas fontes históricas para chegar ao formato final nos dois artigos, que são considerados hoje absolutamene fidedignos aos originais.

Candelabro do terceiro Templo já está pronto e à mostra no Instituto do Templo

Pedra Angular do Templo
Mas, não são apenas os centenas de rabinos do Instituto do Templo que têm se dedicado aos preparativos para a reconstrução. Outros grupos judeus ortodoxos relacionados também manifestam-se nesse sentido. Em 21 de Maio deste ano, por exemplo, um grupo de judeus denominado "Movimento de Fidelidade à Terra de Israel e ao Monte Templo" (Temple Mount and Land of Israel Faithfull Movement) realizou uma passeata em Jerusalém deslocando uma pedra de quase quatro toneladas que é considerada por alguns judeus ortodoxos a pedra angular para a edificação do terceiro Templo de Jerusalém.

O dia 21 de Maio foi escolhido para a realização da passeata porque é o "Dia de Jerusalém" em Israel, data em que os judeus celebram a vitória na Guerra dos Seis Dias, quando Israel reconquistou Samaria, Judéia, Gaza, os Montes de Golan e Jerusalém. Durante a passeata com a pedra de esquina que provavelmente suportará a edificação do Templo, o grupo do "Movimento de Fidelidade à Terra de Israel e ao Monte do Templo" protestou em frente ao Consulado dos Estados Unidos por causa da política para o Oriente Médio adotada pelo atual presidente norte-americano, Barack Hussein Obama, que quer dividir a cidade de Israel, estabelecendo a capital do Estado árabe dentro de Israel. Em frente ao Consulado, a multidão bradava: "Tirem as mãos da Terra de Deus e do povo de Israel e de Jerusalém!". Ao chegar no portão de Jaffa, na cidade velha de Jerusalém, o grupo de fiéis dançou e tocou trombetas de prata declarando seu amor a Jerusalém.

O grupo dos Fiéis do Monte do Templo é liderado pelo rabino Gershon Salomon, que já afirmou em entrevista ao arqueólogo norte-americano e cristão Randall Price (autor de Arqueologia Bíblica, CPAD) nos anos 90 o que se segue: "Creio que a reconstrução do Templo é a vontade de Deus. O Domo da Rocha deve ser retirado. Devemos, como sabem, removê-lo. E hoje temos todo o equipamento para fazer isso, pedra por pedra, cuidadosamente, embalando-o e enviando-o de volta para Meca, o lugar de onde veio. (...) No dia certo - creio que em breve - essa pedra [de esquina] será colocada no Monte Templo, trabalhada e polida. Será a primeira pedra para o terceiro Templo. A pedra não está longe do Monte Templo, mas bem perto das muralhas da Cidade Velha de Jerusalém, perto da Porta de Shechem. Dessa pedra se pode ver o Monte Templo. Mas, o dia está próximo em que essa pedra estará no lugar certo. Pode ser hoje ou amanhã, mas estamos bem pertos da hora certa".

Já há alguns anos que Gershon Salomon tem incentivado rabinos a Já realizarem sacrifícios próximos ao Monte Moriá, isto é, o Monte do Templo. Na Páscoa de 1998, rabinos judeus realizaram um sacrifício de um animal no Muro Ocidental, que pode ter sido o primeiro sacrifício animal realizado no local do Templo desde 70d.C., quando Jerusalém foi destruída pelos exércitos romanos. Em 4 de Abril de 1999, o próprio Gershon Salomon tentou realizar um sacrifício sobre o Monte do Templo, mas foi frustrado. E em Abril de 2008, rabinos em Israel afirmaram que estão se preparando para realizar alguns sacrifícios de animais, num lugar bem próximo ao Monte do Templo. Mais de um ano depois, ainda não os fizeram, mas eles têm se mostrado insistentes na idéia de fazê-los futuramente, o que para os árabes palestinos serão considerados atos muito provocativos.

Outro grupo é o Ateret Cohanim, que fundou uma yeshiva (escola religiosa) para a educação e o treinamento dos sacerdotes do Templo. O objetivo dessa organização judaica liderada por rabinos é pesquisar os regulamentos levíticos e treiná-los para um sacerdócio futuro no terceiro Templo.

Enquanto isso, todos os dias, três vezes ao dia, judeus ortodoxos oram diante do Muro das Lamentações pedindo a Deus para que o Templo seja reconstruído. Dizem as preces, quase em uníssono: "Que a Tua vontade seja a rápida reconstrução do Templo em nossos dias....".

O respeitado rabino Chaim Richman, diretor internacional do Instituto do Templo, é apontado como o mais provável a assumir a função de sumo sacerdote logo após a reconstrução; ele também liderará o Sinédrio, cujo lista de futuros membros, preparada por rabinos, já está pronta

Oposição Palestina
Adnan Husseini, conselheiro do presidente palestino Mahmoud Abbas em questões relativas a Jerusalém, critica a existência do Instituto do Templo e seu projeto, que denomina "provocação". "Se eles falam de construir o Templo, o que isso significa? Significa destruir mesquitas islâmicas. E se eles o fizerem, ganharão 1,5 milhão de inimigos. É o desejo de Deus que esse seja um local de adoração islâmico e eles devem respeitar isso", afirma Husseini.

Em resposta, os rabinos do Instituto do Templo declaram que não têm projetos nenhum de destruição das mesquitas até porque a maioria dos rabinos ortodoxos crê, à luz das profecias da Bíblia hebraica, que a reconstrução do Templo será um ato do próprio Deus, ato este que só será realizado, afirmam, "quando chegar o tempo em que o Senhor achar os judeus merecedores do Templo mais uma vez". Eles destacam ainda que os preparativos são apenas uma demonstração de fé nas profecias.

Entretanto, apesar de não haver mesmo por parte do Instituto do Templo nenhum planejamento em andamento para a destruição das mesquitas que se encontram hoje no Monte do Templo, o rabino Chaim Richman, diretor internacional do Instituto (e forte candidato a assumir a função de sumo sacerdote do Templo), e que já foi entrevistado do jornal Mensageiro da Paz há alguns anos, declarou em dezembro de 2007 que a tarefa do Instituto nos próximos anos será "completar o projeto arquitetônico para o terceiro Templo, incluindo as projeções dos custos e os esquemas e detalhes das partes elétricas e das canalizações", informação publicada nos jornais israelenses e que deixou os palestinos irados.

Para esquentar mais o clima, em outubro deste ano, o Comitê para a Monitoração Árabe acusou Israel de estar fazendo escavações arqueológicas por baixo do Monte Templo, o que os israelenses negam. "Essas acusações são uma perfeita mentira. Alegar que os judeus andam escavando por baixo do Monte do Templo é como dizer que o dia é noite", afirmou o rabino Shamuel Rabinovitz, responsável por cuidar do Muro das Lamentações. Seja como for, uma pesquisa recente mostrou que 64% dos judeus israelenses desejam, contanto que seja possível, ver o Templo reconstruído.

Seja verdadeira ou não a denúncia das escavações, certo é que a conclusão dos preparativos para a reconstrução demonstram que a restauração dos rituais do Templo no final dos tempos, conforme as profecias bíblicas asseveram, não está longe da sua concretização. Muito ao contrário. É uma questão de tempo. E, ao que tudo indica, muito pouco tempo.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

A Parábola das Dez Virgens JESUS ESTÁ VOLTANDO


 
JESUS PODE VOLTAR HOJE...
SUA LÂMPADA ESTÁ CHEIA DO AZEITE?
Nos últimos dias bilhões de pessoas irão para o Inferno
(porque larga é a porta que dá para o inferno) e só a metade da igreja irá subir no Arrebatamento quando o Senhor voltar para buscar a sua noiva, isso fora o resto do mundo que já está perdido sem Deus porque não aceitou Jesus como Único Senhor e Único Salvador.

Nesses dias Jesus me falou assim:
"Avise meu povo que estou voltando, e chego antes que pensem que irá demorar, muitos serão pegos de surpresa, que consertem suas vidas e se mantenham puros e se houver, mesmo a falta de perdão, eu não os e levarei para mim mesmo.
Vou buscar uma Noiva que me Adora em Espírito e em Verdade e que se mantém livres das contaminações desse mundo.
Qualquer pecado que não for confessado e houver arrependimento, e se não estiverem em adoração eles não suportarão os ataques que virão sobre eles vindos do adversário.
Portanto, vigiem para que esse dia não vos apanhe de surpresa e fiquem para a Tribulação que virá sobre o mundo com a vinda do anticristo, pois ele enganará o mundo com seus prodígios e mentiras, falando até mesmo em meu próprio NOME.
Ele se assentará no Lugar Santo, fará milagres e trará uma falsa paz ao mundo acabará com a fome e fará com que todos o adore.
Não creiam nele, porque enganará até mesmo muitos dos escolhidos, mas fujam porque é, e será falsamente enganador, e aparentemente humilde em suas declarações, mas jamais Me dará HONRA E GLÓRIA.
Jamais dirá: "GLÓRIA A DEUS!".
Toda glória ele trará para si mesmo. Venho sem demora!"

ATENÇÃO: Esta é a Palavra de Jesus Cristo por revelação do Espírito Santo à sua Igreja.
Quem tem ouvidos ouça, sei que serei atacada por quem tem o espírito do anticristo em si mesmo, mas não me importo...posso morrer, ser apedrejada, mas jamais me calarei. Amo sua vida e falo por amor.
Você é inocente e se eu me calar você vai sofrer e eu serei cobrada pelo seu sangue e por amor não me calarei.
Posso até morrer, mas morrerei em paz pra a Glória do Senhor Jesus!

"Ordena aos filhos de Israel que te tragam o azeite puro de oliveira, batido, para o candelabro, para que a lâmpada acesa continuamente"
Levítico 24:1

A PARÁBOLA DAS DEZ VIRGENS:
TODAS AS NOIVAS (Representam uma totalidade da Verdadeira Igreja do Senhor)
TODAS ERAM PURAS E VIRGENS,
MAS SÓ A METADE TINHAM O AZEITE DA UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

- As 10 Noivas - Representam uma totalidade da Igreja, os crentes;
- O Noivo, representa o Senhor Jesus Cristo.
- As 10 Virgens - Todos os crentes são vistos como Virgens diante de Deus – separados para o deleite de Deus.
= O número 10 - significa a completude da responsabilidade humana.
Isso significa que essas 10 virgens englobam todos os crentes no período do fim; na hora do arrebatamento somente 5, ou seja somente a metade da igreja terá o azeite da unção suficiente para manter acesa a Lâmpada que significa estar Cheios da unção.

Que não se contaminaram com a filosofia Grego Romana:
1- que vivem na filosofia de Deus;
2- ADORANDO UM ÚNICO DEUS e mantiveram a sua fé.

E qual é a filosofia de Deus?
A Bíblia afirma que nos últimos dias muitos se apostatarão da fé por darem ouvidos e ensino de demônios!
Hoje vemos tantos ensinos e um evangelho light, fácil de ser seguido pela metade. Percebi isso no Natal que a metade não aceita essa filosofia Romana e a outra metade diz que para os outros tudo é pecado e que não podem deixar de fazer tudo.
Dizem até que se estudar muito a Bíblia acabam ficando doidos porque tudo é pecado. Dai eles se tornam alvo fácil para o engano.
a) Deus trabalha no campo do conhecimento;
b) o diabo trabalha no campo da ignorância.

Jesus disse:"O meu povo está sofrendo por falta de conhecimento nas escrituras".
Esse tipo de crente depois que se vê em alguma situação difícil não sabe como agir e correm para aqueles que se santificam para pedir ajuda e oração, mais porque sabe que ele tem o azeite necessário para manter a lâmpada acesa como fazem as 5 virgens néscias pedindo azeite para manter acesa as suas Lâmpadas!

Mateus 25:1-13
“ENTÃO o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas.
As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo.
Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas.
E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram.
Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas.
E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.
Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós.
E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta.
E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse:
Em verdade vos digo que vos não conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.”


MUITOS PENSAM QUE A VINDA DO NOIVO TARDARÁ E PENSAM QUE PODEM VIVER EM PECADO...
PENSAM QUE DARÁ TEMPO DE CONSERTAR A SUA VIDA ANTES.....
____________________________________
( Por Pastora Wilma Ribeiro )
________/)_೬☼♥_____./¯"'""'/')
¯¯¯¯¯¯¯¯¯\)¯♥☼ಶ¯¯¯¯'\_„„„„\,)
_____________________________

sábado, 21 de dezembro de 2013

Símbolos do Natal




"Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns se apostatarão da fé. Por obedecerem a espíritos enganadores e a ensino de demônios."
(1 Timóteo 4:1)
Papai Noel pode dar o Presente, mas só Jesus pode dar o Futuro
São Nicolau cuja imagem foi tardiamente relacionada e transformada no ícone do Natal chamado de Papai Noel (português brasileiro) ou Pai Natal (português europeu) um velhinho corado de barba branca, trazendo nas costas um saco cheio de presentes.
É referido como Santa Claus para os europeus e nos EUA ou St.
Nicholas na maior parte dos países da língua anglófona.
É tido como acolhedor com os pobres e principalmente com as crianças carentes.
Depois mudaram sua figura como um gnomo bochechudo de barba branca.
O gnono, de acordo com o dicionário Aurélio, é um demônio da floresta.
Antes ele era São Nicolau, era comemorado no dia 25 de Dezembro.
Ele usava roupas verde.
Seu visual de roupa vermelha foi um golpe publicitário da Coca-Cola, criado pelo cartunista Thomas Nast em 1886 (revista Haper's).
Daí o mundo inteiro adotou o bom velhinho que dá presentes para as criancinhas pobres substituindo Jesus no coração delas.
________________________________________

1. DECORAÇÃO DE NATAL EM VERDE E VERMELHO:
Por causa disso hoje a decoração do Natal é toda em Verde e Vermelho
________________________________________
2. Porque comemorar o Natal com a ceia da meia noite?
Porque é um ritual aos deuses pagãos:
1) Dia 24 ceia da meia noite adoração a mãe-lua.
Semíramis (Astarote) Juízes 2:13, 1 Reis 11:5

2) Dia 25 ceia do meio dia adoração ao deus-sol.
Tamuz (Baal). Ezequiel 8:14 e 16, 2 Reis 10:19
Na antiguidade caldaica, 25 de Dezembro era o dia da criança, o dia do nascimento de Tamuz, (deus sol, Ez. 8:15 e 16).

A noite anterior até a meia-noite era a “mãe lua”.
Em honra a Semíramis que hoje é véspera de Natal e no dia seguinte ao meio dia.
Como culto ao deus-sol e a deusa-lua.

Por isso existe a tradição da ceia de Natal à meia noite.
Em Israel, Semíramis é Astarote e Tamuz é Baal e no Egito ele é Hórus, deuses adorados por Jezabel.
Por meio de suas artimanhas e de sua astúcia, Semíramis converteu-se na “rainha dos Céus” dos babilônicos, e Ninrode fundador da torre de Babel e que era neto de Noé, converteu-se no “divino filho do céu”.
Por gerações neste culto idolatra, Ninrode era tão perverso que se casou com sua mãe, Semíramis. Depois de sua morte prematura, sua mãe-esposa, para evitar confusões, diz que ele não morreu, apenas voltou para seu lugar de origem.
Pouco tempo depois, Semíramis descobre que está grávida.
Mas isso não é possível, afinal seu filho-marido está morto.
Ela mente novamente para encobrir seu adultério, dizendo que o espírito de Ninrode, o “espírito de deus” a engravidou.
Semíramis chama seu filho de Tamuz, e para continuar o engano, ela diz que ele é o próprio Ninrode. Daí surge à primeira ideia reencarnacionista. (Tamuz é mencionado na Bíblia em Ezequiel 8.14-18.)
________________________________________
3. Porque se comemora dia 25 de dezembro?
Constantino e a influência do maniqueísmo (que identificava o Filho de Deus com o sol) levaram aqueles pagãos do século 4° a adaptarem a sua festa do dia 25 de dezembro (dia do nascimento do deus sol), dando-lhe o título de dia do natal do “filho de deus”.
________________________________________
4. JESUS NÃO NASCEU EM 25 DE DEZEMBRO:
Quando Ele nasceu?…
Havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. Isto jamais pôde acontecer na Judéia durante o mês de dezembro:
Os pastores tiravam seus rebanhos dos campos em meados de outubro e [ainda mais à noite] os abrigavam para protegê-los do inverno que se aproximava, tempo frio e de muitas chuvas o que tornava impossível a permanência deles no campo.
É também pouco provável que um recenseamento fosse convocado para a época de chuvas e frio (Lucas 2:1).
A primeira destas celebrações que tentaram “cristianizar era a festa mitraica (a religião persa rivalizava com o cristianismo naqueles dia) do natalis invict Solis (nascimento do vitorioso sol)

A ideia de arranjar um dia para comemorar o nascimento de Cristo não existia na época dos apóstolos, que não tiveram, também, a preocupação de guardar a cruz em que o Senhor foi crucificado. E por estas atitudes, temos de agradecer a Deus.

Imagine se houvessem guardado a cruz de Cristo, que culto idólatra se faria hoje, no mundo, á “santa cruz”?
________________________________________
5. ARVORE DE NATAL é um símbolo Pagão:
Seus ramos simbolizavam a volta da primavera e do verão, trazendo o sol.
Quando Tamuz morreu enquanto sua mãe ainda vivia.
Diz à lenda que seu corpo foi esquartejado e os pedaços enviados para diferentes partes.
Então, sua mãe ordenou uma busca pelos pedaços para recompor o corpo do filho.
Esta busca demorou quarenta dias, ao final dos quais ela se coloca sobre o corpo do morto e o faz ressuscitar.
Então, mais tarde foi instituído o uso do pinheiro na comemoração do nascimento de Tamuz, o qual era um símbolo de ressurreição.
Diz-se que os adoradores do deus sol ofereciam sacrifícios humanos – os corpos de pessoas que não estavam em harmonia com sua religião. Essas eram degoladas, e suas cabeças eram penduradas no pinheiro da festa em honra a Tamuz.

Pouco a pouco o paganismo vai se fundindo ao cristianismo.
Hoje crentes que comemoram festas juninas e agora é a vez do Natal.
Alguns crentes já adotaram a "ceia da árvore" em suas igrejas.
Já Têm a árvore como símbolo do Natal nas igrejas e em suas casas.
Igrejas de grande porte e pastores até respeitáveis e muito conhecidos na mídia no meio evangélico.
Eles têm a mídia nas mãos e podem influenciar a maioria dos evangélicos a adotarem Natal e seus símbolos pagãos.

A origem da árvore de natal.

A árvore de natal é de origem germânica. No tempo de São Bonifácio, foi adotada para substituir os sacrifícios uma arvore ao Carvalho sagrado de Odin, adorando-se uma árvore em homenagem ao Deus-menino.

No carvalho sagrado de Odin, eram colocados presentes, para que as crianças pegassem, fato parecido com o que acontece hoje nas festas de Cosme a Damião, em que as pessoas oferecem doces e presentes a criançada.

Odin era um deus da mitologia germânica, chamado também de wotan. Era considerado o demônio da tempestade, depois o demônio do mundo. Tinha dois irmãos, Vili e Vé. Segundo a lenda, Odin e seus irmãos mataram o gigante Ymir e de sua carne fizeram a terra, e de seu sangue fizeram o mar, dos ossos criaram as montanhas, dos cabelos fizeram as árvores e do seu crânio a abóbada celeste. Fizeram ainda, de dois troncos de árvore, o primeiro par humano, Ak e Embla. Esta é uma explicação grosseira que o inferno usa para substituir os atos da criação que o nosso Deus realizou, tal como escritos em Gênesis 1.

A principal função “divina” de Odin era a de deus da guerra; trazia na mão a lança Gungnir, cujo golpe nenhuma força poderia conter, e montava o cavalo Sleipnir, que tinha oito patas, e no qual cavalgou até Yggdrasill – a árvore onde se sacrificou para si mesmo, pendurado e perfurado por uma lança nesta “Arvore do Mundo” (ou “Grande Árvore).
_________________________________________
6. O PRESÉPIO:
Nesse falso sistema babilônico, “a mãe e a criança” ou a “virgem e o menino” (isto é, Semíramis e Ninrode revivido) transformaram-se em objetos principais de adoração. Esta veneração da “virgem e o menino” espalhou-se pelo mundo afora em nossos dias, mudando de nome em cada país e língua.
Em parte nenhuma das Escrituras é mencionado qualquer culto a Maria, nem qualquer mandamento que o exija.
Jesus é chamado na Bíblia de O Filho do Homem, o titulo de “Filho de Deus”, seu Nome Divino (Mt: 20).
Deus é Patriarcal e não Matriarcal.
Jesus sendo Deus se fez Homem no útero de uma mulher, pois isso seria a prova de sua humildade e humanidade, pois só assim seria ligado na Terra em sua missão salvadora.
Entretanto isso não faz de Maria mãe de Deus.
_________________________________________
7. A GUIRLANDA:
Em formato de um sol (coroa verde adornada com fitas e bolas coloridas).
Simboliza o “deus sol”.
_________________________________________
Esta se tornou a Trindade Profana:
Ninrode, pai; Semíramis, mãe e Tamuz, o filho. Após a destruição se Babel, o povo de Ninrode começou a migrar pelo mundo, conquistando outros povos e ensinando-lhes suas crenças pagãs.
Da Babilônia, eles vão para a Pérsia.
Agora Ninrode, Semíramis e Tamuz, é uma trindade, que era representada da mesma forma que a Egípcia.

Essa visão é concebida desde os primórdios na cultura Grego-romana, de Isis mãe de Ninrode fundador da Torre de Babel ilustração com as serpentes em espiral que coloca a mulher como senhora “mãe de deus”.
Se assim fosse, ela seria criadora de tudo o que há no céu e na terra. Isso é inconcebível de pensar.

Biblicamente falando, a verdadeira Trindade é o Pai (Deus), Filho (Jesus) e o Espírito Santo. Fica mais fácil ver o engano católico e perceber o disfarce demoníaco. Hoje, a trindade profana está disfarçada assim:

A Igreja católica romana é uma visão é concebida desde os primórdios na cultura Grego-romana, de Semíramis mãe de Ninrod na ilustração com as serpentes em espiral. Na visão católica romana diz que Deus tem uma mãe e que nasceu antes dele e o criou: ”santa Maria mãe de deus”.
A visão que coloca a mulher como senhora “mãe de deus”.
As biografias dos deuses mitológicos e deusas são semelhantes e estão todos interligados a uma só deusa e um só deus satânicos.
Quando os templos de Isís (Semíramis) foram transformados em igrejas cristãs, Isís com seu bebê Hórus no colo foi transformada na Virgem Maria com o menino Jesus. As mitologias gregas, romanas e africanas apresentam deuses e deusas e que no Brasil fundiram-se por causa da mistura de raças formando um sincretismo religioso.
________________________________________
Na visão teológica matriarcal, o filho era sempre a figura infantil e impotente nos braços da imagem da mãe toda poderosa protegendo o seu filho do mal.
Quando Tamuz morreu, Semíramis proclamou que seu filho subiu ao céu e se tornou deus. Então Semíramis figura como rainha dos céus (Isaias 47:4-15) com seu filho Tamuz nos braços. É vista como mãe de deus e deusa mãe.
Porém, para os católicos Jesus só aparece nas duas fases da sua vida:
1 – Quando era bebê (para exaltar Maria como deusa mãe);
2 – Quando estava morto na cruz para demonstrar o sofrimento de Maria (“senhora das Dores”) ...e não o sofrimento de Jesus.
____________________________________________
O CRISTO PRÉ ENCARNADO
(Isso nada tem haver com a teoria da reencarnação).
Mas, antes dEle vir em carne no ventre de Maria:
"Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois nele foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, e soberanias, quer principados, quer potestades.
Tudo foi criado por meio dele e para ele". Colossenses 1:15-16
_____________________________________
Onde estava Maria quando JESUS participou da criação do Universo e do homem? Maria não é mãe de Jesus como Deus, mas somente como homem, porque senão ela teria que ter nascido antes de Jesus antes da criação do mundo.
Jesus como Deus criou o mundo e o universo... Onde estava Maria quando JESUS participou da criação do Universo e do homem?

Jesus é 100% HOMEM
Jesus é 100% DEUS
Como HOMEM, Ele teve uma mãe terrestre, mas não teve um pai terrestre.
Como DEUS, Ele teve um Pai Celeste, mas não teve uma mãe celestial.
Deus é ESPÍRITO e ESPÍRITO não tem mãe.

A mulher só foi criada para dar a luz seres terrestres.
Os Espíritos não tem sexo! já que a função reprodutiva se dá apenas no corpo físico... no mundo espiritual o único que cria novos seres é Deus porque Deus é Espírito e cria seres espirituais.
Lá no céu não haverá mulheres porque nós só fomos criadas para dar a luz seres terrestres. Somos um espírito e depois de morrer não teremos mais um sexo feminino seremos espirituais.

JESUS COMO DEUS SÓ TEM UM PAI CELESTE.
JESUS TEM UM PAI CELESTE E NÃO TEM MAIS MÃE TERRESTRE.
A mulher só foi criada para dar a luz seres terrestres pois Deus é ESPÍRITO e ESPÍRITO não tem mãe.
ÁRVORE DE NATAL

"Não é de admirar que o próprio satanás se transforma em anjo de luz"
2 Coríntios 11:14

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

VIOLÊNCIA: A Culpa é do Carnaval

 
Carnaval é a expressão latina “carne, vale”. “Festa da carne, farra, escárnio”.
É zomaria e escárnio a JESUS e a sua Palavra.
De origem Babilônica que ensinava a adorar Semíramis numa festa regada a bebidas alcoólicas e sexo à vontade.
Eles até usam o termo: "Irreverência".
Irreverência significa que não reverenciam, que não teem respeito algum.
Que não teem temor algum a Deus.
A própria origem do carnaval é obscura.
Suas raízes se encontrem num festival religioso pagão, que ocorreram na Roma dos césares, ligadas às famosas saturnálias, de caráter orgíaco.
Contudo, o rei Momo é uma das formas de Dionísio o deus Baco, patrono do vinho.
No carnaval eles colocam uma coroa na cabeça do rei momo. Na quarta feira passam cinza na testa em sinônimo de arrependimento. Depois de quarenta dias põem uma coroa de espinhos na cabeça de Jesus.
Satanás é um anjo mal chamado de príncipe dos demônios e tem uma hierarquia bem organizada, em cada país do mundo ele ordenou um príncipe para governá-lo.
Cada principado tem uma característica diferente, por isto os problemas são diferentes em cada nação, cada estado e cidade e até bairros e ruas.
São diferentes as guerras, problemas financeiros, prostituição, a fome, etc. Na área da prostituição é mais acentuada em países onde as de entidades femininas são cultuadas.
No Brasil são cultuadas S. Aparecida e Iemanjá, e a imagem de religiosidade de Aparecida é acentuada. O Brasil está tomado pela erotização e é considerado o país mais sexólatra e violento do mundo.
Porque Iemanjá é um espírito sensual e violento. Principalmente no carnaval, a exacerbação da sensualidade da mulher brasileira. Em nenhum país do mundo a mulher se expõe tanto, e com tamanha vulgaridade. Tanto que a fotografia de uma atriz brasileira desfilando com o destaque no carnaval, foi exibida em revista erótica masculina na Alemanha discriminando-a de prostituta.
Esta é a imagem que o mundo tem de todas as mulheres do Brasil. Quando os estrangeiros querem sexo fácil, querem férias conjugais, turismo sexual, pedofilia, tráfico de seres humanos para prostituição, eles procuram isto no Brasil. A imagem sensual e violenta do Brasil atrai interesses escusos, e isto sem contar com a corrupção que é a maior do mundo e a impunidade.
O Brasil é o país onde serve de esconderijo para os criminosos do mundo. Os vícios e o trafico de drogas, guerra entre facções mata mais que a guerra do Iraque.
E porque afirmamos que a culpa é do carnaval? Por causa do que está por traz dos bastidores! Quase ninguém vê, mas o preço é muito alto a se pagar por apenas quatro dias de prazer hilariante, euforia, etc.
Quem sai realmente “ganhando” são os chefões das facções do trafico de drogas dos caça-níqueis, do jogo de bicho, e do político corrupto: Todos eles usam dinheiro sujo para investir nas escolas de samba, depois esse dinheiro volta para eles em forma de “prêmios” para os vendedores pagos pela prefeitura, e podem normalmente declarar esse dinheiro no imposto de renda, e vira dinheiro limpo, declarado.
É para isto que serve o carnaval, para lavagem de dinheiro sujo no Brasil. Você deve ter assistido sobre a prisão dos chefões das casas de Bingo e jogos de caça-níqueis, onde o presidente da escola de samba Beija Flor, foi acusado de usar este dinheiro para comprar a vitória da escola de samba em 2007. Eles foram presos porque encontraram mais de 60 milhões de reais, mas com tanto dinheiro pode ser que se safem!
Mas, nós estamos orando para que toda essa sujeira no Brasil acabe, e para acabar tem que por um fim é no carnaval. E ele vai acabar, ou melhor, já acabou!
O carnaval é fruto de um sincretismo de religiões e cultura afro-brasileira. No espiritismo o som dos atabaques faz invocação aos espíritos das religiões afros. São esses espíritos que são invocados nos instrumentos de percussão no carnaval e samba.
O principal espírito carnavalesco é chamado de “rei momo”. No mundo espiritual os demônios sabem que só podem agir livremente se estiverem debaixo de uma legalidade, ou seja, têm que ter e receber um direito legal de uma autoridade constituída, isto está na bíblia em Romanos 13:1.
Quando o prefeito da cidade entrega a chave da cidade nas mãos do rei momo, ele recebe autoridade legal para agir livremente. Ele é gordo não é só porque é um glutão, mas é porque se alimenta de todas as obras da carne. E o que são as obras da carne?

Gálatas capítulo 5:

1° Bloco: Área do sexo:
v. 19 – “Prostituição, impureza, lascívia;

2° Bloco: Área do culto:
v. 20 – Idolatria e feitiçaria;

3° Bloco: Área dos relacionamentos:
v. 20,21 – Inimizades, contendas, ciúmes, iras, facções, dissensões, partidos, invejas;

4° Bloco: Área dos apetites:
v. 21 – Bebedeiras e glutonaria”.

A carne é a estrutura de maldade, que através da iniqüidade o diabo edificou em nossa alma.

>> Para o apostolo Paulo não há diferença em comer o que não deve, praticar o sexo que não deve, e adorar o deus que não deve!

Vivemos num mundo físico, mas o mundo físico é a expressão viva do mundo espiritual, ou seja, a minha carne se expressa com atos corporais o que vem do meu espírito e depende do que eu me alimento espiritualmente.
Sensualidade e religiosidade são atos expressados através da carne.
A expressão “obras da carne” tem haver com o mundo físico e material. Para Paulo, uma pessoa que vive na carne só alimenta a carne, e só pensa nos prazeres da carne. Uma pessoa assim tem o espírito morto, está desligado de Deus, pois é o espírito recriado que liga o homem a Deus como um fio de prata. Quem vive no espírito só pensa nas coisas do espírito e em como agradar a Deus.
A religiosidade é expressa através da idolatria. Quer dizer, se os meus deuses são de carne, algo no nível da matéria, algo no nível visível, se eu posso pegar, tocar, ver, dimensionar. Paulo fala de idolatria e feitiçaria como obras da carne porque nós somos à imagem do Deus que adoramos. Aquele vê segundo o que sente no mundo físico, segundo o eu pega, apalpa. Os seus deuses estão apenas no mundo da matéria, ele é carnal, vive somente na dimensão carnal e física.
Jesus disse à mulher samaritana e prostituta assim:

“Vós adorais o que não conheceis, nós adoramos o que conhecemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai está a procura de adoradores. Deus é Espírito e importa que os que o adoram, o adorem em espírito e em verdade” (Jô 4:22-24).

Para se ter fé eu preciso ver, pegar uma imagem de escultura, logo então, eu não tenho fé porque a verdadeira fé se baseia no invisível, fé é:

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a certeza de coisas que não se vêem” (Hb. 11:1).

A idolatria que é religiosidade é uma manifestação viva da carne. O idólatra não cultua somente imagens de escultura, mas cultua um ídolo da música, do futebol, etc.
O Cazusa, cantor homossexual que morreu de AIDS fez uma canção que dizia: “os meus heróis morreram de overdose...”
A religiosidade é expressa na carne com gestos religiosos que não comovem a Deus porque são feitos para provocar piedade, como subir a escadaria de uma igreja de joelhos, se auto-mutilar, se auto-flagelar. Ficar dentro de um quarto fechado comendo comida podre cheia de larvas, tomar banho de sangue, usar amuletos, fitinhas, rezar o terço, acender velas, sacrificar animais, etc.
A imagem que o idólatra religioso tem de Deus é de um deus impotente que precisa de uma “ajudinha”, não basta pedir somente, tem que sacrificar senão não funciona. Um deus que precisa de tantas velas é porque vive numa treva total.
Deus é luz, é vida, é amor e não quer ver seus filhos sofrendo. Pois Ele já nos enviou seu Único Filho e o sacrificou por nós, para que nós não perecêssemos, mas que tenhamos vida eterna. Ele se deu como um cordeiro vivo. Com isto pôs fim também na matança de animais que fazem nos terreiros de macumba:

“Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou de uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção” (Hb. 9:12).

Se a religiosidade é expressa através da carne a sensualidade também, através da prostituição, da dança erótica, do carnaval e da pornografia.
Nossa sociedade é mentalizada e preparada para a sensualidade latente. A luxúria que é o mesmo que sensualidade é a mãe da mídia que vê a sensualidade como algo necessário, como atributo de uma mulher sedutora. Para o homem também a cobrança é pesada: barriga de tanquinho, músculos definidos, tratamentos de beleza comparados aos da mulher.
Não sou contra ninguém se cuidar para ficar bonito, mas sou contra a síndrome do narcisismo.
Sou contra o que está por trás de tudo isto! Se um jovem, por exemplo, não pode comprar um tênis de “marca”, ele vai roubar, e é capaz até de matar para ter um. O que já vem acontecendo.
Se uma pessoa se sente inferior numa sociedade consumista e sensual, ela é capaz de se prostituir, roubar, traficar drogas, assaltar, e até matar para ser e ter o mesmo que todos possuem. O ser humano tem necessidade de ser aceito e reconhecido na sociedade em que ele vive.
Na Índia acontece o contrário do Brasil. As pessoas se vestem como nós nos vestimos nos anos 70. O índice de violência e roubo é quase zero. Lá, não existe sensualidade como no Brasil, as pessoas vão à praia de vestidos longos. Não há exposição de corpos e beijos explícitos. Com certeza eles têm outros problemas que nós não temos. Mas o que quero dizer aqui é onde nós brasileiros estamos falhando diante de Deus e consertar.
E como podemos mudar tudo isso? Através de uma mudança comportamental e individual inversa! Ou seja, se a sensualidade da sociedade é um padrão, vou procurar ter um padrão diferente, viver uma vida de santidade, simples, sem me preocupar com um consumismo exagerado, sem me prostituir, adulterar, não vou desejar ter o Deus que me dá, nem ser o que Ele não planejou que eu fosse. Só vou adquirir coisas que são condizentes com o meu padrão de vida conquistado através do trabalho honesto. Isto e fugir da prostituição e sensualidade.
Se a religiosidade e idolatria é um padrão da sociedade, da mídia que tem preferência religiosa, meu padrão será adorar um único Deus, em espírito e em verdade. Esse Deus que os meus olhos não podem ver, que eu não posso materialmente tocar, mas que eu tenho certeza absoluta da sua real existência. Assim, como não vejo o vento, mas sei que ele existe, o vento do Espírito Santo vem e assopra vida em mim, como assopra em você, e está assoprando no Brasil e mudando as mentes, trazendo avivamento.
Vejo um ponto positivo em tudo isto que está acontecendo no Brasil, pois para arrumar a casa é preciso desarrumá-la. Vejo que toda a sujeira que está aparecendo é porque não está mais por baixo do tapete. Vejo que é Deus jogando luz nas trevas e este é o primeiro passo para mudar. Tudo vai depender da consciência de cada um.
Quando eu mudo o meu comportamento, eu mudo as circunstâncias a minha volta. Não é a mentalidade da mídia de uma sociedade que vai determinar meu comportamento, meus relacionamentos, minha religião, e o que devo vestir e comprar para estar na moda. Se a moda é roupa decotada e mine-saia, eu é que determino o que quero usar, de acordo com o meu amadurecimento emocional. Eu é que determino que Deus devo adorar.
Em tudo o que faço vejo Deus, porque minha vida foi salva por Ele, quando eu estava perdida, era escória desta sociedade suja. Deus olhou para mim, eu olhei para Ele, nossos olhares se cruzaram, Ele se compadeceu de mim e me deu de beber da “água da vida”.
Eu me prostrei e o adorei, hoje eu faço isso em qualquer lugar, todos os dias, a todo o momento porque Ele está dentro de mim. Não preciso de imagens, nada!
Ao Deus invisível, mas real, eterno e imortal. A Ele toda a Glória, toda Honra, todo Louvor, e toda a Exaltação! Amém, Amém e Amém!

TEXTO DO MEU LIVRO:

 "PROSTITUIÇÃO E HOMOSSEXUALISMO

 (((♥ ♥ Pastora Wilma Ribeiro )))
________/)_೬☼♥_____./¯"'""'/')
¯¯¯¯¯¯¯¯¯\)¯♥☼ಶ¯¯¯¯'\_„„„„\,)
___________________________________

Depois do Carnaval, na Quarta Feira tudo acaba em Cinzas


 Na Quarta feira tudo acaba em Cinzas
Essa data existe em função do fim do carnaval, é o primeiro dia da quaresma que é os 40 dias antes da páscoa. Onde deveriam lembrar-se do pecado humano e da necessidade de conversão e que páscoa não é ov
o de chocolate e nem coelhinho, mas é o Sangue de Cristo Jesus. O perigo que muitos estão correndo por acreditar num ritual criado pelo homem e limitado a um período do ano como uma espécie de purificação da alma. O ritual que leva a uma igreja onde um padre perdoa com um sinal da cruz com cinzas na testa.
Eles acreditam que nesse período estarão perdoados ou livres para pecar no resto do ano.
Quanta ignorância Bíblica!
A quaresma não tem poder nenhum, nem a páscoa e muito menos a quarta feira de cinzas. O Sangue de Jesus é o único que tem poder de nos redimir e purificar. Só existe aprendizagem quando há mudança de comportamento. Enquanto não houver mudança a própria Palavra de Deus é apenas uma promessa. Quanto mais se esse ensino for totalmente contrário à Palavra de Deus. Não haverá mudança alguma. A tradição de fazer todas as loucuras possíveis durante o carnaval e achando que tudo será apagado e perdoado por Deus se visitarmos uma igreja na quarta feira de cinzas não muda o caráter de ninguém.
A verdade é que o homem decidiu criar uma festa da carne, onde todos os tipos de pecados podem ser extravasados sem culpa, pois afinal, logo após esse período carnal começa a quarta de cinzas e a quaresma, onde seremos perdoados e purificados. Coitados dos pecadores forem acreditar nisso. Não tradição cultural é capaz de segurar o desejo pecaminoso da carne. Invenções humanas e naturais não têm esse poder, o Espírito Santo de Deus sim!
O Carnaval foi criado na Grécia antiga, na mitologia a viagem de Teseu pelo labirinto do Minotauro era celebrada com danças em que os jovens ficavam em filas de mãos dadas imitando Teseu pelo labirinto da mente por meio de meditações. Não é de admirar que os jovens hoje sejam tão confusos. No século VI, a Igreja Católica adotou essa festa libertina e juntou tudo à quaresma, páscoa e semana santa para parecer que estavam se redimindo de tanta carnalidade profana. Parecia justo misturar o ritual religioso (que não tem nada de santo) com o profano.
No culto a Dionísio as mulheres dançavam usando guirlandas na cabeça de folhas de rinha e cobertas por peles de bodes. Dançavam freneticamente até chegarem ao êxtase. Durante o cortejo comiam carne crua e dilaceravam animais vivos para incorporarem uma entidade (demônio). O clímax era do sacrifício de um bode. É por causa disso que a igreja católica assumiu o ritual de não comer carne na quarta feira de cinzas. Acredita-se que o ato de comer carne libera o fogo sexual então, na quarta feira de cinzas significa que a carne foi queimada pelo fogo sexual. As cinzas são as sobras do fogo. O bode sacrificado significa uma afronta ao Cordeiro sacrificado na Cruz do Calvário.
A dança que envolve movimentos circulares do quadril é um gesto emitente sexual porque envolve o movimento de um músculo que ativa a produção hormonal. Por isso as meninas hoje menstruam mais cedo e os meninos ficam ávidos por sexo. Essa dança sexual é semelhante às dores de parto com pulsão e forçando o quadril para baixo e para cima em movimento em 8 (oito), movimento circular como:
1- A dança do ventre;
2- A dança do samba;
3- A dança do axé;
4- A dança do funk;
5- O pole dance.
Os movimentos circulares vêm da serpente no Jardim do Éden quando Eva dança para Adão seduzindo-o a comer do fruto que é a desobediência a Deus. Por isso Deus disse à Eva:
“Com dores darás à luz filhos”.
Os filhos de Eva, uma geração assassina e adúltera. Com movimentos sexuais de como a que está em dores de parto. A dança na Grécia estava associada, desde os tempos mais remotos, com os deuses, tais como:
Hélios, Dionísio, Pan, Ártemis, Ìsis. No Egito dos faraós executavam-se danças solares ao redor dos templos. Na Índia através de Shiva acreditavam que era quem criou o universo por meio da dança. A dança que formam movimentos espirais balança o quadril, pulsam o ventre e se contorcem como serpente em louvor à deusa-mãe, Eva a mãe de todos o seres humanos (Gênesis 3:20).

Todas as mitologias que envolvem a dança têm serpente como símbolo.
Ela tem a função de se assemelhar à serpente. Foi a na sua dança que Eva foi endeusada nos movimentos serpenteantes.
Praticamente doas as mitologias têm Isis com a serpente como emblema e Shiva também. Ela aparece também nas coroas dos faraós do Egito. Na Índia todas as posições do yoga têm a forma da serpente. Na China este é o ano da serpente para eles.

Nenhuma tradição pode segurar a depravação. Nenhum rito pode nos tornar indesculpáveis diante de Deus. Só o Sangue de Jesus. Não podemos pecar esperando que um jeitinho nos deixe quites com Deus. Não existe trapaça ou esperteza quando lidamos com um Deus Santo.
O cristianismo não é pertencer à religião de Cristo, é ser semelhante a Cristo nos afastando do pecado durante o ano todo, não somente um dia apenas! Só Jesus pode apagar nosso passado, redime o presente e nos projeta para o futuro e nos dá uma nova chance de glória em glória até ser dia perfeito.

( Texto e imagem criado por:

Pastora Wilma Ribeiro )
________/)_೬☼♥_____./¯"'""'/')
¯¯¯¯¯¯¯¯¯\)¯♥☼ಶ¯¯¯¯'\_„„„„\,)
___________________________________


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

NOMES ANTIGOS DE SÃO JORGE E OGUM





 HOJE ELE SE CHAMA S. JORGE. MAS, QUAIS ERAM SEUS NOMES NO PASSADO?


1°- BAAL: Era um deus cananeu. Baal mata o dragão de sete cabeças “Lotan”, em hebraico Leviatã. Mas nós sabemos que Leviatã é a antiga serpente que virou dragão(Ap. 20:2). É o diabo e que só J
esus vai destruí-lo com o sopro de sua boca.
Baal é o demônio da perversão sexual, da feitiçaria e ocultismo e sacrifícios de crianças.
O Profeta de Deus Elias, matou a fio da espada 450 profetas de Baal e 400 sacerdotisas de Astarote ou Asera.
Em Israel, Semíramis é Astarote e Baal, deuses adorados por Jezabel. Por meio de suas artimanhas e de sua astúcia, Semíramis converteu-se na “rainha dos Céus” dos babilônicos, e Ninrode fundador da torre de Babel e que era neto de Noé, converteu-se no “divino filho do céu”. Ninrode era tão perverso que se casou com sua mãe, Semíramis. Depois de sua morte prematura, sua mãe-esposa, para evitar confusões, diz que ele não morreu, apenas voltou para seu lugar de origem. Pouco tempo depois, Semíramis descobre que está grávida. Mas isso não é possível, afinal seu filho-marido está morto. Ela mente novamente para encobrir seu adultério, dizendo que o espírito de Ninrode, o “espírito de deus” a engravidou. Semíramis chama seu filho de Tamuz, e para continuar o engano, ela diz que ele é o próprio Ninrode. Daí surge à primeira idéia reencarnacionista. (Tamuz é mencionado na Bíblia em Ezequiel 8.14-18.) O centro religioso do culto a Baal e a Astarote, contendo no palácio: (1 Reis 18.4) Semíramis ou Isis que é mãe de Tamuz, ou Baal. Por gerações neste culto idólatra. Baal o deus-sol passou a ser o falso Messias, filho de Ninrod: Nesse falso sistema babilônico, “a mãe e a criança” ou a “virgem e o menino” (isto é, Semíramis e Ninrode revivido em Baal) transformaram-se em objetos principais de adoração. Esta veneração da “virgem e o menino” espalharam-se pelo mundo afora; uma continuação do mesmo em nossos dias, mudando de nome em cada país e língua. Essa visão é concebida desde os primórdios na cultura Grego-romana, de Isis mãe de Ninrode fundador da Torre de Babel ilustração com as serpentes em espiral. A visão que coloca a mulher como senhora “mãe de deus”. Se assim fosse, ela seria criadora de tudo que há no céu e na terra.
Baal é o demônio de apostasia da IGREJA e do MATRIMÔNIO. Isso explica que a Bíblia diz que haverá esfriamento espiritual e divórcio entram também, e com isso as famílias entrarão em colapso. Muitos se apostatarão da fé por dar ouvidos a ensino de demônios. A cauterização é o pior estado da ação maligna também de casais divorciados vivendo em uma mesma casa e até na mesma cama e vivem em uma eterna apostasia conjugal até que a morte os separe. ESFRIAMENTO TOTAL DO AMOR E DA FÉ
________________________________________
2°- TAMUZ: (Tamuz é mencionado em Ez. 8:14-16)
"Levou-me à porta da entrada da casa do Senhor, que está na banda do norte, e eis que as mulheres assentadas chorando por Tamuz. Disse-me: Vês isso, filho do homem? Verás ainda abominações maiores do que estas. Levou-me para o Átrio de dentro da casa do Senhor, e eis que estavam à entrada do Templo do Senhor, entre o pórtico e o Altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o Templo do Senhor, e com os rostos para o Oriente; adoravam o sol"
_________________________________________
3°- HÓRUS: Hórus era filho de Isis e Osíris. Tinha cabeça de falcão. Hórus matou Seth (Satanás) pela vingança da morte de seu pai (Osíris). Na luta Hórus perdeu um olho esquerdo lutando com Seth que foi substituído por um amuleto de serpente, (que os faraós passaram a usar na frente das coroas)
Trindade satânica:
1-Ninrode é Osíris pai de Hórus;
2-Hórus é Tamuz, ou Baal.
3-Semíramis é Isis que é mãe de Hórus ou Tamuz, ou Baal.
__________________________________________
4°- MERODAQUE (MARDUK): Chamado de deus babilônico dos caldeus pelos Hebreus da cidade de Ur dos Caldeus no antigo testamento de Isaías 39:1; II Reis 25:27; Jeremias 50:2.
Ur dos Caldeus era situada no norte da mesopotâmia. Durante o segundo milênio, a Babilônia que tem esse nome por causa da torre de Babel, fundada por Ninrod e depois foi governada pelos assírios e depois retomada para os caldeus em 721-710 a.C. A Babilônia era mais uma cidade-estado da Mesopotâmia. As predominâncias de habitantes da Babilônia mudaram muitas vezes em sua existência, embora a cultura permanecesse relativamente constante e distinta. Eles foram os Amoritas, os Cassitas e os Caldeus. Expandiu-se para se tornar um império mundial importante antes de serem dominados pelos Persas duas vezes. Entre os períodos do velho e novo império, a Babilônia foi uma pequena cidade, mas muito rica.
Merodaque-Baladã pediu apoio para Ezequias para a sua oposição à Assíria (moderno Iraque) para reconquistar o trono para os caldeus. Isaias avisou sobre os perigos de tal ato para Judá (Is. 23:13). Isaías andou nu e descalço por três anos, por sinal e prodígio sobre o Egito e sobre a Etiópia, assim o rei da Assíria levara em cativeiro os presos do Egito e os exilados da Etiópia, (Is 20:3-4) Ezequias ficou doente de morte, mas orou a Deus e se recuperou. O rei babilônico Merodaque-Baladã soube do fato e mandou representantes com presentes a Judá. Ezequias, na alegria em virtude da recuperação e na demonstração de amizade da Babilônia, mostrou o seu reino inteiro aos embaixadores - incluindo seu tesouro. O profeta Isaías repreendeu o rei Ezequias, avisando-lhe que num futuro próximo tudo seria saqueado pela Babilônia –
O rei Ezequias (rei de Judá), por causa dos presentes que recebeu do rei babilônico, pôs todo o seu reino a perder. Ao ser presenteado pelo monarca da Babilônia, sorriu, achou coisa do outro mundo, abriu o seu coração e mostrou ao inimigo suas possessões, exibindo com orgulho suas riquezas. A partir daquele momento, estava selado o cativeiro de Judá (Isaías 39: 1 -7). Neste texto, vemos uma cena que aconteceu há milhares de anos, mas que se repete diariamente, em todos os segmentos. Ou seja, muitos se derretem diante de um agrado, de uma bajulação, de um presentinho. Pessoas diariamente se vendem se prostituem em troca de uma vantagem, de um benefício. Nunca devemos esquecer quem é o nosso inimigo. Também não devemos esquecer de que estamos em uma guerra contínua contra as forças do mal, e que não há a menor hipótese de algum dia ser decretada a paz. Essa luta só terminará com a segunda vinda do Senhor Jesus. O que Merodaque queria era ver o que havia no Templo do Senhor para depois saqueá-lo.
Com a derrota dos caldeus Merodaque que foi vencido por Sargão II foi rei da Assíria entre aproximadamente 721 a.C. a 705 a.C. onde Isaias referiu a Babilônia como a “filha dos caldeus” (Is. 47:1). Em 626 a.C.
Nabucodonosor, um nativo caldeu, subiu no trono da Babilônia por aclamação popular, conquistou todo o país até Eufrates Médio, com os medos, saqueou Nínive e foi substituído por se filho Nabucodonosor II, que derrotou os egípcios e tornou-se rei da palestina, incluindo Jeoaquim. Nabucodonosor marchou para Judá e saqueou os seus despojos para a Babilônia incluindo os utensílios do Templo da casa do SENHOR que seu filho Belsazar, a quem Daniel chama de rei dos caldeus:
“Enquanto Belsazar bebia e apreciava o vinho, mandou trazer os utensílios de ouro e de prata, que seu Nabucodonosor, seu pai, tirara do Templo que estava em Jerusalém, para que neles bebessem o rei, e os seus grandes, as suas mulheres e concubinas”
(Dn. 5:30)
Eles contaminaram a Templo do SENHOR com suas prostituições e idolatrias. Usaram os utensílios do Templo para adorar seus deuses de ouro, prata, bronze e madeira e pedra com as suas feitiçarias, bebedices e prostituições. Pintaram nas paredes do Templo toda forma de répteis e animais abomináveis e de todos os ídolos, queimaram também incenso a outros deuses. As mulheres choraram pelo deus Tamuz dentro do Templo, e os homens ficaram de costas para o Templo com o rosto para o oriente, adoravam o sol, (Ez. 6:14-15).
Hoje existem pessoas que são adoradores do pôr do sol. Há os praticantes da yoga que fazem saudação ao sol por cento e oito vezes. O número cento e oito é um número muito significativo para a tradição Hindu, dentre outras. Para destacar alguns fatos que envolvem esse número mais do que especial, temos que o diâmetro do Sol é cento e oito vezes o diâmetro da Terra e a distância média da Lua para Terra é de cento e oito vezes o diâmetro da Lua.
O japa mala é um colar hindu parecido com o terço da igreja católica, é composto por cento e oito contas que auxilia na contagem da recitação de um mantra.

O alcoolismo sempre esteve presente como forma de oferenda como ritual de adoração de sacrifícios aos deuses da Babilônia.

Belsazar recebeu um decreto de morte com um dedo que escrevia na parede a sua sentença: MENE, MENE, TEQUEL e PARSIM.
MENE: Contou Deus o teu reino, e deu cabo dele.
TEQUEL: Pesado foste na balança, e achado em falta.
PERES: Dividido foi o teu reino, e dado aos medos persas.
A cidade foi invadida pelo rio Eufrates e foi aí que os Persas entraram na cidade e encontraram o povo entregue e uma enorme bebedeira festiva. Naquela mesma noite Belsazar foi morto e Dario, o medo persa reinou e começa o império persa que recomeçaram a reconstrução do Templo em 525 a.C.

Marduk era o principal deus da Babilônia assim como Baal. Foi a ele que os outros deuses confiaram o poder supremo devido à vitória sobre a deusa Tiamat das lendas babilônicas e suméria, descrita como um dragão. A lenda conta também que Merodaque (Marduk) para satisfazer a vontade dos deuses que se queixavam de não terem quem os adorassem, para que os povos da terra os adorem e lhe levantem templos onde estabelece a residência dos principais deuses (Torre de Babel). O poder que tinha sobre todas as coisas foi conseguido por ter desafiado e ganho o combate com os dragões Kingu e Tiamat.
Do ponto de vista Bíblico Merodaque representa uma manifestação espiritual que virá sobre a terra associada à besta do abismo; nas regiões celestiais do mal por ele ter sido indicado pela rainha dos céus como o senhor dos mundos. Ou Marduk, deus da Babilônia, ganhou o título de Nibiru quando venceu Tiamat o dragão. Segundo a lenda, Marduk usou partes do corpo do dragão Tiamat para criar os céus e a terra e o povo dessa nação deveria trabalhar para ele. Saindo do mito para a verdade, esse deus Marduk babilônico recebe o nome de Merodaque era filho de uma relação incestuosa entre Enki e Ninhursag. Do mesmo modo que Baal era filho de uma relação incestuosa de Ninrod com Semíramis (Ísis). Ninrod (fundador da Torre de Babel)
____________________________________
5°- SÃO JORGE (OGUM): Atualmente o demônio está disfarçado em santo. Ogum é um orixá cultuado na Umbanda e Candomblé trazido pelos escravos africanos para o Brasil. O sincretismo religioso se dá pela congregação de seitas diversas, participando de um mesmo credo, como se pode dizer da Igreja católica, quando mudou de cristianismo para catolicismo, adaptando ao modo de pensar e viver cristão, todo tipo de dogma e crenças populares que existiam na época. Tome como exemplo a umbanda e o catolicismo, o primeiro colocou mesclou santos da igreja católica com seus orixás. S. Jorge é Ogum, santa Bárbara é Iansã, senhora da Conceição é Iemanjá, etc. ELES NEM CONSTAM NA BÍBLIA
Um exemplo claro de sincretismo é a lavagem da igreja Católica do Bonfim, que ocorre anualmente em Salvador, Bahia. O sincretismo religioso é a junção de filosofias e doutrinas de religiões. Por exemplo: A Igreja católica é sincrética porque tem práticas de religiões de origem africana (como o xangô). Os espíritas são sincréticos quando utilizam filosofias cristãs, hinduístas, judaicas, etc.
S. Jorge é um orixá de guerra que segundos eles, "abre os caminhos" para o sucesso.
Devemos pensar que o diabo levou Jesus no alto de um pináculo e disse para ele:
"Te darei todos os reinos desse mundo se prostrado me adorares". Mas Jesus sabia que todos os reinos já era dEle, não precisava receber isso das mãos do diabo.
Ele pensou que se o próprios Deus o adorasse ele seria maior do que Ele em Glória.
Ele pensou que se ele tivesse todos os homens o adorando ele seria como Deus. Se desse cada um o seu próprio reino ele seria o deus de todos os reinos.
MENTIRA, ele fecha os caminhos, quem pode abrir porta se fechar portas é só Jesus! Todos os artistas já fizeram pactos com ele para obter fama e glória, dinheiro e poder. Ele Cega a pessoa por obter poder. Ele se utiliza de pessoas com capacidade para liderar e com talentos natos para as artes, administração e empreendedorismo. Na vida sentimental ele faz com que a pessoa renuncie o amor à família e abrir mão de filhos e casamentos para obter sucesso. Ele gosta de pessoas com opiniões próprias a respeito de tudo e que não se abre para ouvir a vontade de DEUS. Pessoas que questionam abrir mãos do poder para fazer o que DEUS quer que elas façam.
Ele ataca o EGO inflando-o cada vez mais e ficando mais cegos por poder e glória. Promete dar saúde, confiança. No homem se torna intolerante, violento, impulsivo, obstinado, egoísta e exigente. Na mulher ela se torna mandona, irritada e impulsiva, insubmissa. Isso significa que Ogum opera em conjunto com o espírito de Jezabel. Opera também em conjunto com Pombas Giras, Pretos Velhos e Zé Pilintra que é boêmio, malandro e bêbado e odeia a família, porque gasta tudo nas boemias sem se preocupar com ninguém. Temos que atentar para as verdades da Bíblia que não mencionam essas entidades (deuses demonios, cujo chefe maioral é satanás).
______________________________________
TUDO ESTÁ INTRÍCICAMENTE LIGADO. Os mesmos deuses demônios de ontem são os deuses de hoje, com nomes diferentes em culturas e épocas diferentes.
_______________________________________
"E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele."
[Apocalipse 12:7-9].
___________________________________________
(((♥ ♥ Por Pastora Wilma Ribeiro )))

________/)_೬☼♥_____./¯"'""'/')
¯¯¯¯¯¯¯¯¯\)¯♥☼ಶ¯¯¯¯'\_„„„„\,)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O QUE ACONTECE COM O CÉREBRO E A PORNOGRAFIA: Exemplo assistir o BBB

FAZENDO O QUE ELE FOI PROGRAMADO PARA FAZER
A dopamina regula o núcleo da parte mais primitiva do cérebro, como a substância do prazer,  – o circuito de recompensa . É graças a ele que podemos experimentar prazer, mas também podemos desenvolver vícios. No topo da lista de recompensas dos humanos estão comida, sexo, amor, amizade e fantasias diversas. Estas recompensas são chamadas de reforços naturais, que são o oposto das drogas viciantes.

O propósito evolucionário da dopamina é te motivar a fazer o que seus genes querem que você faça. Quanto maior a descarga de dopamina, mais você desejará algo; sem ela, você simplesmente o ignora. Para bolo de chocolate e sorvetes, um estouro de dopamina; para palmito, nem tanto. O sexo e o orgasmo é o que naturalmente libera maiores descargas de dopamina para seu circuito de recompensa. Um dos apelidos da dopamina é a “molécula do vício”.

Fantasias, fantasias, mais fantasias
A dopamina surge para os estímulos: um carro novo, um lançamento no cinema, um novo eletrônico – todos nós nos tornamos apegados a algo sob dopamina. Assim como em qualquer novidade, a excitação se vai à medida que a dopamina vai se exaurindo.
Aqui está como o esfriamento funciona: o circuito de recompensa do rato vai descarregando cada vez menos dopamina para uma mesma fêmea, mas quando uma nova fêmea surge, uma grande descarga de dopamina é liberada. Isso não lhe soa familiar?
Pornografia na Internet é um atiçador em especial do seu circuito de recompensa, pois os estímulos estão todos a apenas um clique. Pode ser uma “nova parceira”, uma cena incomum, um ato sexual esquisito, ou – pense você mesmo em algo -. Qualquer um pode ficar clicando por horas, experimentar muito mais estímulos em dez minutos do que qualquer um de nossos ancestrais puderam experimentar durante toda a vida.

E o que o cérebro faz quando se vê em um número ilimitado de estímulos, cuja quantidade é incapaz de suportar? O cérebro se adapta, o que pode levar ao vício.
A Pornografia vicia como uma droga




Drogas não são os únicos viciantes
É sabido que substâncias que estimulam a liberação de dopamina, como álcool e cocaína, podem levar ao vício. Mas em se tratando de excesso de estímulos de recompensas naturais como sexo, comidas gordurosas, videogames ou jogos de azar, a resposta pode ser não, ainda que certamente nem todos se tornarão viciados.

A razão do por que podemos nos tornar viciados com comida e sexo
está no fato de que nosso circuito de recompensa nos estimula a procurar sexo e comida, não drogas. Atualmente, os alimentos calóricos (70% dos adultos norte americanos estão acima do peso, 35% estão obesos) e pornografia na Internet (sobre o que você está lendo agora) têm muito mais potencial para viciar pessoas do que as drogas. Ambos sobrecarregam os mecanismos de saciamento – o sentimento de estar satisfeito – porque as calorias e as oportunidades de se reproduzir são a prioridade número 1 dos genes. Vícios por entorpecentes possuem algo em comum: redução da dopamina e uma queda nos receptores de dopamina do circuito de recompensa. Isto é a base de todos os vícios. Com menos dopamina e menos receptores dessa substância, fica muito mais difícil estimular o circuito de recompensa.
O cérebro dos viciados em pornografia na Internet, ao contrário do de outros tipos de viciados, não tem sido estudado até então. Contudo, é ilógico concluir que a pornografia na Internet não produz mudanças no cérebro, quando já foi provado que comidas gordurosas, videogames e jogos de azar são capazes de fazê-lo.
O ciclo do vício em pornografia é semalhante a de outros vícios:

satisfação sob estímulo->anestesia ao prazer->busca por mais estímulo->satisfação retorna sob maior estímulo->posterior declínio nos receptores de dopamina->mais anestesia ao prazer->busca por mais estímulo->satisfação retorna sob um estímulo ainda maior

E em pouco tempo você já está viciado em pornografia, pois para o seu cérebro, nada mais é tão interessante quanto o pornô.
O consumo excessivo (sexo ou comida) é o sinal do seu cérebro primitivo que você conseguiu alcançar o “prêmio” evolucionário. Os receptores e dopamina começam a declinar. Isso te deixa insatisfeito, querendo buscar mais.
Em situações onde a luta por sobrevivência se sobressai ao mero saciamento das vontades.
Você clica, clica, clica, se masturba, clica, clica, clica, se masturba, clica, clica, clica. Seu mecanismo de satisfação se sobrecarrega. A evolução não preparou seu cérebro primitivo para estes estímulos sem fim. Como a anestesia ao prazer impele ao uso contínuo do pornô, seu cérebro começa a se reprogramar. Essa reprogramação envolve superprodução de substâncias químicas naturais (delta FosB), e o reforço das conexões entre as células nervosas, facilitando a comunicação entre elas. Com o consumo habitual do pornô, você estará aprofundando um canal em seu cérebro. Assim como a água flui por onde ela encontra menos resistência, os impulsos também o fazem, assim como os pensamentos. Você formou um profundo canal de pornografia em seu cérebro.
Uma anestesia ao prazer combinada com um grande canal levando-o a um alívio de curto prazo, é a base de todos os vícios. Faz com que um viciado precise de mais “droga” para obter o mesmo efeito. Usuários pesados de pornografia na busca de emoções intensas. Muitos procuram por coisas que os chocam – talvez porque o que é proibido e temível, combinado com prazer sexual, oferece um grande estímulo ao cérebro… pelo menos por um tempo.
IMPORTANTE:
Por isso, não é incomum que alguém comece a ver pornô com uma foto do traseiro gostoso de uma Jennifer Lopez – e semanas depois se torna excitado com cenas de zoofilia ou estupros. Quanto mais intensos os eventos associados (orgasmo + vídeo), ou quanto mais essas cenas se repetem, mais forte é a reprogramação. Cada experiência programa novos gostos ao seu cérebro. Se suas preferências sexuais mudaram, seu cérebro também mudou. O vício pode vir acompanhado de dependência física e sintomas de abstinência. Muitos usuários compulsivos de pornografia se surpreendem com suas síndromes de abstinência, que se comparam àquelas sentidas por usuários de álcool e drogas.
1) Possui fantasias extremas – centenas de novos parceiros sexuais por sessão. As fantasias são altamente estimulantes. Os usuários frequentemente relatam que mesmo o sexo real se torna chato em comparação com o pornô.

2) Diferente do que acontece com comida e drogas, onde há um limite para consumo, não existe nenhum limite prático para o consumo de pornografia na Internet. Os mecanismos naturais de saciamento do cérebro não são ativados, até o momento do clímax. Mesmo assim, o usuário pode partir para algo ainda mais chocante para ficar se excitar novamente;

3) Com comida e drogras, a única maneira de progredir no vício é consumindo mais. Com o pornô é possível progredir tanto com “parceiros” de fantasias quanto por assistir práticas sexuais novas e incomuns. É bem comum um usuário procurar por pornografia mais pesada.

4) Diferentemente de comida e drogas, a pornografia na Internet muitas vezes não chega a ativar os mecanismos naturais de aversão. A aversão ocorre quando você não gosta de como uma droga.
SINTOMAS:
    - Angústia relacionada à progressão em busca de pornografia mais pesada;
    - Impotência copulatória (Só se tem ereção com o pornô, e não com parceiros sexuais);
    - Masturbação frequente com pouca satisfação;
    - Ansiedade social severa, que vai se agravando;
    - Aumento da disfunção erétil, mesmo com pornô mais pesado;
    - Gostos mórbidos de pornô que não refletem sua orientação sexual (HOCD);
    - Dificuldades de concentração, inquietação excessiva;
    - Depressão, ansiedade, lapsos de memória.

Há boas razões para acreditar que estes sintomas surgem em decorrência da anestesia ao prazer e a reprogramação cerebral. Ambas são mudanças estruturais do cérebro, que precisam ser revertidas.
Gatilhos como ficar sozinho em casa, imagens picantes ou mesmo stress e ansiedade, ativam a rotina pornô de seu cérebro. A única forma de enfraquecer essas conexões do subconsciente é parar de usar (reforçar) este caminho, e buscar ajuda comportamental. Gradualmente, esse caminho associado à pornografia e à fantasia sexual irá enfraquecer.
LIBERTAÇÃO:
O cérebro humano estará sempre vulnerável a uma espiral perigosa estímulos e fantasias, e o cérebro de um ex-viciado em pornografia terá sempre uma forte via erótica, que será fácil de ser reativada.
A libertação só vem através de um estímulo inverso que é atravéz da lavagem com àgua pela Palavra de Deus. Desivar a mente daquilo que a carne quer comer pelo que o espírito quer comer. Deus disse: "Nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que procede da boca de Deus".
Paulo diz: "Andai no Espírito e jamais satisfareis à concupicência da carne" Gálatas 5:13